Posts com Tag ‘Humor’

Ou melhor: Invejamos o Google.
Você há de concordar comigo que o Google faz uma verdadeira festa quando o assunto é exibição de sua página inicial de pesquisa. Principalmente em dias comemorativos, de acordo com o país de onde ele é acessado ou quando há algum evento mundial importante acontecendo. Por exemplo: Se você acessar a página inicial do Google no Brasil, no dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, verá uma página parecida com esta.

Agora, até a equipe de arte do Ubuntu está fazendo graça também?
Veja só com o que me deparei ao acessar o Ubuntu Forums, em inglês.

Ubuntu Forums

Imagem: Ubuntu Forums

Veja a imagem original.

Acho que algum Googler conseguiu uma vaguinha para deixar o fórum mais, digamos, animado ou a coisa por lá está feia mesmo, nada a ver com o tradicional Halloween.

Depois dessa, como diz meu amigo Glaydson, ao final de seus posts: Sugestão musical para este texto: 1, 2, 3… Vamos lá! – Bozo
😛

Somente eu percebi ou mais alguém viu essa gafe nos últimos segundos do vídeo sobre o medalhista Cesar Cielo, no portal Globoesporte.com, da “toda poderosa” TV Globo?

Créditos da imagem: G1.com

Podemos aplicar aquele velho ‘deitado’ que diz: “A pressa é inimiga da perfeição.”

Tire suas conclusões. A minha eu já tenho. 😛

Brasileiro é criativo por natureza, isto já se sabe. Meio malandro também, convenhamos.

Agora o que mostro a seguir não sei se partiu de algum conterrâneo “espertinho” ou é sacanagem de algum “irmão” mais esperto ainda.

Tenho um hábito um pouco incomum para os demais, mas para os colegas de profissão, os programadores, é quase que unânime o trabalho nas madrugadas. Sei lá, parece que as idéias fluem melhor durante o sossego da noite. E numa dessas madrugadas… Escova bytes pra cá, escova bits pra lá, troca umas idéias com os colegas e eis que vejo isso no rodapé de uma janela do MSN Messenger:

Na hora me veio um alerta: “Embromation Alert! Embromation Alert! Mais um link pega-trouxa.”

Das duas uma: Ou tem malandragem aí, ou o link que apontava para o suposto “MP6” levava para alguma página que tira um sarrinho da cara do inocente internauta. Que eu saiba, existem os formatos de arquivos multimídia MPEG desde o MP2, passando pelo MP3 até o MP4; o que passar dessa numeração é puramente jogada de marketing. E o pior de tudo, caro leitor, é que tem muito mané por aí que compra um MP5 (sic!) e passa pela casa dos amigos ou conhecidos (também leigos) dizendo que o dito-cujo é tecnologia de última geração. E tem alguns mais manés ainda que dizem: “Ih! Você ainda está nessa de MP3?! Eu tenho um MP5 que bate de 10 a zero…” Coitados, mal sabem que foram engrupidos por um marketing violento e que na realidade o vídeo que estão assistindo em seu “iPod”, na maioria das vezes Made-sabe-se-lá-onde, não passa de um arquivo em formato MP4 ou M4a.

MP6? Hãn… sei.