Arquivo da categoria ‘Multimídia’

Muito se tem falado ultimamente sobre o Asus Eee PC, um notebook de dimensões diminutas que roda tanto Linux quanto Windows como Sistema Operacional. Muitos contras e muitos a favor; afinal quem tem um notebook "normal" não quer trocar por um Eee PC e quem não tem, sonha com as facilidades que o pequenino oferece.

Eu estou pensando seriamente em adquirir um desses na versão de 4 GB ou 8 GB de SSD por ter muitos documentos e e-books em PDF que não consigo ler em meu computador desktop por pura falta de conveniência. Já com o pequenino Eee PC e sua tela de 7" e 900 GHz de velocidade, posso ler, bater papo ou ouvir meus MP3 tanto em viagens quanto no aconchego do meu quarto, antes de dormir.

Asus Eee PC Fora que o subnotebook, ainda tem algumas vantagens sobre os PDA’s (tenho um Palm Vx e sei disso), pois nele você pode carregar toda a sua agenda telefônica e aplicativos personalizados e, de quebra, se conectar à internet utilizando redes sem-fio ou mesmo a velha interface Ethernet ou o arcaico Modem para acesso discado. Conectividade é o que não falta. E a bateria aguenta o tranco.

Ah! E o pequeno ainda vêm com webcam integrada em alguns modelos. Dá pra você conversar pela Internet com os amigos ou fazer uma pequena vídeo-conferência com seus contatos profissionais tranquilamente.

topMas quem pensa que o Eee PC só serve para brincar, está enganado. Embora a próxima fotografia fale por si mesma, o hardware não deixa a desejar. Ele pode ser uma verdadeira mão-na-roda na faculdade, no trabalho ou mesmo em casa. Pois não importa a versão do Sistema Operacional que você escolher (Windows XP ou Linux, neste caso uma versão personalizada do Xandros), ele já vem com um pacote de softwares freeware e alguns gratuitos, a maioria iguais aos dos PCs de maior porte. Só para citar alguns softwares e serviços aclamados pelo público em geral, esta belezinha vem com: OpenOffice, Mozilla Firefox, Skype, IM, acesso nativo ao GMail, dicionário, jogos, dentre outros. Fora que a seção de multimídia dele é fantástica.

E o melhor do Eee PC é que você não fica preso ao Sistema Operacional que vem pré-instalado. Você pode mudar para o ótimo Ubuntu Linux e se divertir ou trabalhar a valer. Já pensou você chegando na casa daquele seu cunhado invejoso com um brinquedinho desses, "roubar" a conexão de internet dele e começar a trabalhar ou perder algumas horas brincando? Garanto, ele vai ficar doido por um desses também.

E para o público feminino, além da cor branca, já existem modelos nas cores pink, verde, azul e preto.

Quer saber mais sobre "a criança"? Vá até a página de especificações do Eee PC, no site da Asus.

Créditos das fotografias: ASUSTeK Computer Inc.

Ser um blogueiro cristão não significa que necessariamente se deva ser um fanático religioso que só ouve salmos e leia a Bíblia a todo instante.
Assim como muitos, eu sou um amante da música e diga-se de passagem, de uma boa música.

Há tempos atrás, escrevi um post sobre o Listen, um player muito bom para o Linux. Mas nas minhas andanças pela web, acabei parando no blog Padoca Virtual, que postou um artigo sobre mais um player multifunção: o Songbird.

Com a aparência inicial do famoso iTunes, da poderosa Apple Computer, e capitaneado pela Mozilla Foundation, o Songbird veio para arrebentar: Só para se ter uma idéia, ele está disponível para Windows XP e Vista, nativamente para Fedora e Ubuntu Linux e MacOS X. E, atualmente na versão 0.4 já desponta com grande vantagem sobre os concorrentes.

Songbird

Suas funções vão além de um player de música convencional. Ele toca praticamente todos os formatos de áudio suportados, vídeos, permite que você organize em playlists aquela bagunça de arquivos em mp3 espalhada pelo seu HD, monta uma biblioteca de todos eles e de quebra ainda deixa você fazer downloads de músicas hospedadas em “Audio Blogs” usando o navegador web embutido, baseado no excelente Mozilla Firefox. Tem suporte a “peles”, chamados Feathers, que permitem a você personalizar a aparência do “pássaro cantor”. E, assim como o Firefox, já existem diversos Add-Ons (ou extensões) para você deixar o Songbird do seu jeito. Inclusive o AlbumApplet, um add-on que monta uma lista de capas de seus CDs no estilo do CoverFlow do iTunes.

A única queixa que tenho dele é que ainda não está disponível um equalizador gráfico, o que deixa o som um pouco feio, mas mesmo assim, com uma boa qualidade. E para amantes da música, como eu, ouvir sua música predileta com aquele efeito “flat” é terrível. Mas espero para breve, uma atualização com esta função que é indispensável.

Curioso sobre o Songbird? Sinta-se à vontade para mexer no ninho da “ave”.
E se você curte design ou gosta de programar, junte-se ao time de desenvolvedores e monte um Feather ou crie um Add-On que ainda não vimos em outro player. Que tal? A equipe de desenvolvimento agradece.

iTunes, Windows Media Player, Listen, AmaroK? Nunca mais!
Agora meu player predileto é o Songbird!

Já vi e usei vários players e organizadores multimídia no Linux. O último deles, que me chamou muito a atenção foi o AmaroK. Muito bom, feito inicialmente para o ambiente gráfico KDE. Mas como eu adotei o GNOME como ambiente gráfico padrão pela sua simplicidade, leveza e facilidade de uso, tive de instalar as bibliotecas do KDE para poder usar o AmaroK no meu Ubuntu 6.10.

Ontem, fuçando pelos comentários do BR-Linux, meu vizinho de blog, o Hamacker citou o “Listen Music Player”, para GNOME, dizendo que tinha até esquecido do AmaroK. Munido de minha curiosidade, resolvi instalar e testar a criança. Me surpreendi! O Listen é excelente. Enquanto você ouve as músicas, se estiver conectado à Internet, ele busca as letras, conteúdo na Wikipedia, e muito mais, tudo isso de forma automática.

Listen Music Player

Para instalar facilmente em seu Ubuntu, abra o terminal e faça o seguinte como usuário root ou como qualquer outro usuário com direitos de administrador:

# apt-get install listen

O apt vai perguntar se você deseja instalar algumas bibliotecas e voilà, em poucos minutos você terá um dos melhores players para Linux. Oficialmente o Listen está na versão 0.5, mas se você puxar direto dos repositórios do Ubuntu vai obter a versão 0.4.3. Mas fique tranquilo, ele funciona bem.