Arquivo da categoria ‘GNOME’

Ao me levantar pela manhã, veio-me à lembrança a data importante: 15/10. Fiquei a pensar por alguns minutos (sim, sou meio lerdo) de quem seria o aniversário. Pôxa, não tenho conhecidos aniversariando hoje. Foi então que, ao ler os e-mails, recebi um enaltecendo o “Dia do Professor“. Puxa vida! Como pude me esquecer de data tão importante, afinal foram eles quem me ensinaram a escrever, contar, pensar e enxergar o mundo quando criança e mesmo agora, já adulto.
Nunca fui um aluno exemplar, daqueles tais “CDFs” que tiram nota 10 em todas as matérias, mas sempre obtive boas notas. Em língua portuguesa, fui algum destaque. Inglês também. Graças a uma uma senhora muito educada que explicava muito bem o idioma no antigo colegial, hoje, ensino médio. Matemática e relacionadas? Deus me livre! Nunca gostei muito, mas insisto em aprender algo novo. Acho que minha compulsividade está aumentando dia-a-dia.

Por causa de minha professora de inglês, que me fez tomar gosto pelo idioma é que resolvi participar do Time de Tradutores do Ubuntu Linux e também do Time de Tradução do Ambiente Gráfico GNOME, ambos em Português Brasileiro.

Mas voltando ao assunto principal, desejo um feliz dia a todos os professores, sejam recém-formados, em atividade desde de longa data ou mesmo aposentados. Sem vocês, mestres, não seríamos nada.

A todos os professores: muito obrigado!

Anúncios

E o site Meio-Bit saiu na frente, anunciando a nova versão do sistema operacional Ubuntu eee Netbook Remix 8.04.1, com diversas melhorias, mas com algumas cositas que me deixaram um pouco confuso.
De toda forma, se você tem um ASUS Eee PC modelos 2G, 900, 901, 1000 e 1000H, pode agora usufruir de uma versão mais refinada do Ubuntu para seu netbook.

Olhe que interface linda:

Ubuntu eee Netbook Remix

Ubuntu eee Netbook Remix

Imagem: Site oficial do Ubuntu eee

Uma dúvida me toma agora: será que funciona legal também com o Acer Aspire One?

GNOME LogoA versão 2.24 do GNOME, excelente ambiente gráfico para sistemas operacionais Unix ou baseados nele, como o GNU/Linux está para ser congelada para tradução.

O processo de congelamento para tradução, originalmente chamado de String Freeze, em poucas palavras, é um meio que os programadores dos softwares que oficialmente compõem este ambiente gráfico dão aos colaboradores que participam em grupos de trabalho espalhados pelo mundo todo, a oportunidade de trabalharem com arquivos contendo as frases e palavras que aparecem nos programas, traduzindo-os para o idioma desejado.

Aqui no Brasil, há um grupo atualmente liderado por Leonardo Fontenelle, que atua na gerência e garantia das traduções feitas para o Português Brasileiro. Se você deseja se tornar um colaborador, acesse a página do GNOME Brasil e clique no link “Colaborar”. Ah! Para um melhor desempenho, não se esqueça de ler o pequeno tutorial sobre como ajudar.

Torne-se um evangelista do Software Livre e de Código Aberto. Use Linux e o GNOME como ambiente gráfico principal e dê uma folga para seu bolso.